Bancos lançam novo formato de crediário pelo cartão de crédito – e você pode ganhar com isso

O consumidor pode sair ganhando, já que pode ser beneficiado com descontos em relação ao preço a prazo  

SÃO PAULO – Os bancos brasileiros anunciaram nesta quarta-feira (27) que vão passar a oferecer uma nova forma de crediário via parcelas no cartão de crédito. Essa nova opção poderá ser contratada no momento da compra, diretamente pelas maquininhas, com taxas de juros a partir de 0,99% ao mês e prazo de até 36 meses para o pagamento.

A principal vantagem para os comerciantes é poder receber o dinheiro entre dois e cinco dias, como uma transação de débito – mesmo que o cliente pague parcelado.

Segundo a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) “Essa alternativa reduz custos e amplia a competitividade do varejista, especialmente do pequeno estabelecimento comercial, que geralmente não conta com capital de giro para financiar suas vendas”. 

Com isso, o consumidor também pode sair ganhando. “Uma vez que a loja recebe à vista, o cliente pode ser beneficiado com descontos em relação ao preço a prazo. A Lei 13.455 autoriza o comércio a cobrar preços diferentes pelo mesmo produto ou serviço em função da forma de pagamento (à vista ou parcelado)”, de acordo com a associação.

A notícia foi divulgada em evento da Abecs em São Paulo nesta quarta-feira (27). A entidade realizou a padronização operacional da nova modalidade, que permite ao cliente simular a transação na própria máquina de cartão antes de contratar.

“Com a padronização, os diferentes terminais apresentam as mesmas etapas e mensagens sobre o processo de parcelamento, facilitando a utilização pelo consumidor e pelo lojista. Na simulação, o usuário visualiza as informações das opções de parcelamento oferecidas pelo emissor do seu cartão, como a quantidade e o valor das parcelas, a taxa de juros e o custo efetivo total (CET) do financiamento”, diz a Abecs em nota.

Cada banco está trabalhando com diferentes condições para os clientes. O Santander vai lançar a modalidade no dia 1º de abril, cobrando 1,99% ao mês por até 36 meses. O banco espera que o crediário represente 10% das transações com cartões de crédito já em 2020.

O Bradesco já lançou produtos piloto em fevereiro, com taxas de juros de 0,99 a 3,99% ao mês por até 24 meses. O Itaú ainda não divulgou suas tarifas, mas deve oferecer opções de até 24 meses.

Rodrigo Carneiro, diretor da Rede, acredita que a chegada dessa medida é uma boa alternativa para o mercado.

“Vejo o produto com potencial para ser adotado em larga escala, tantos pelos benefícios gerados para o lojista, quanto para o consumidor – que vai poder entender melhor as taxas de seu parcelamento e ter mais argumentos para negociar descontos, como nas compras à vista”, afirma o executivo em nota enviada à imprensa. 

Leia Mais: Anticoncepcional masculino passa em testes iniciais nos Estados Unidos

Prazos mais longos

Segundo a Abecs, o emissor do cartão deve apresentar ao cliente até três opções de parcelamento, bem como os custos envolvidos na operação. “Essas informações são definidas de acordo com a estratégia comercial de cada empresa, além do perfil de risco e relacionamento do cliente. Após escolher a opção que melhor se encaixa em seu orçamento, o consumidor digita a senha e conclui a transação”.

As parcelas do crediário são lançadas nas próximas faturas, conforme a opção contratada. A concessão dessa modalidade está atrelada ao limite de crédito do cartão, que é restabelecido à medida que as prestações do crediário são quitadas.

Um comentário em “Bancos lançam novo formato de crediário pelo cartão de crédito – e você pode ganhar com isso

  • março 28, 2019 em 6:28 am
    Permalink

    Desejo um cartão de crédito desses

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *