Enem 2019: inscrições estão abertas

Candidatos têm até o dia 17 de maio para se inscreverem. Taxa é de R$ 85.

Estão abertas a partir desta segunda-feira, 6 de maio, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Estudantes têm até o dia 17 de maio para fazer o cadastro. A taxa é de R$ 85.

Inscreva-se no Enem 2019

O Enem é a principal porta de entrada nas universidades do país e é voltado para estudantes que estão cursando o Ensino Médio ou que já concluíram esta etapa dos estudos, independente de ter estudado em escola da rede pública ou privada.

Os candidatos que já concluíram o Ensino Médio ou estão no último ano têm o direito de usar as notas do Enem para o ingresso nas universidades. Já os estudantes que ainda estão cursando o primeiro e segundo ano podem participar do exame apenas como treineiros (saiba mais).

Como fazer a inscrição no Enem 2019

As inscrições serão realizadas somente pela internet por meio da Página do Participante. Para dar início ao processo de inscrição, o candidato precisará ter em mãos o número do CPF e um e-mail pessoal válido. A partir daí, o participante deverá criar uma senha de acesso que será utilizada durante todo o processo do Enem 2019.

Isenção da taxa de inscrição e justificativa de ausência

Entre os dias 1 e 10 de abril, estudantes puderam solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem 2019 e apresentar a justificativa de ausência na edição anterior. O resultado foi divulgado no dia 17 de abril e os estudantes que não tiveram o pedido aceito puderam apresentar recursos até o dia 26. O resultado dos recursos foi divulgado no dia 2 de maio.

A isenção da taxa de inscrição no Enem foi concedida para os seguintes participantes.

  • Estudantes do 3º ano do Ensino Médio, em 2019, de escola da rede pública;
  • Candidato que cursou todo o Ensino Médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada e possui renda familiar mensal igual ou inferior a um salário-mínimo e meio, por pessoa;
  • Pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica que tenha Número de Identificação Social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário-mínimo ou renda familiar mensal de até três salários-mínimos.


Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), não é possível solicitar isenção durante a inscrição no Enem.

A concessão da isenção da taxa não significa que o participante já esteja inscrito no Enem. Para fazer as provas é obrigatório que o candidato faça sua inscrição até 17 de maio. Entretanto, o sistema de inscrição conta com uma versão simplificada para aqueles que solicitaram isenção da taxa ou justificaram ausência. Neste caso, não aparecerão as telas já preenchidas no processo de isenção. Também não será gerado o boleto.

Pagamento da taxa de inscrição

O boleto com a taxa de R$ 85 do Enem 2019 será gerado ao fim da inscrição. O candidato deverá fazer o pagamento até o dia 23 de maio em agências bancárias, casas lotéricas, aplicativos bancários, internet banking e agências dos Correios que tenham o serviço do Banco Postal.

A confirmação do pagamento pode levar alguns dias para ser feita, já que as agências bancárias precisam repassar os dados para o Inep. O estudante deve acompanhar a confirmação na Página do Participante.

Etapas de inscrição do Enem 2019

Veja o passo a passo de como realizar a inscrição no Enem 2019:

1 – Acesse a Página do Participante
O estudante deve acessar a Página do Participante, informar o CPF e data de nascimento e selecionar as imagens solicitadas.

2 – Preencha os dados dessoais
Na primeira página do sistema o participante deve conferir seus dados pessoais e preencha outros, como sexo, cor ou raça, número da identidade, órgão expedidor, UF onde a carteira de identidade foi emitida, estado civil etc. Nesta página também é necessário colocar o CEP de onde mora e completar o endereço.

3 – Solicite atendimento Especial
Aqueles que necessitam de atendimento especial no Enem devem realizá-lo neste momento. Se o participante não precisar de nenhum atendimento, basta sinalizar a opção “Não” e dar continuidade na inscrição partindo para a próxima tela. 

Caso precise, ele deve indicar sua deficiência ou condição especial ou se precisa de auxílio ou recurso de acessibilidade para a prova. É necessário ainda enviar, por meio do próprio sistema de inscrição, documentos que comprovem a deficiência ou a condição especial que motiva a solicitação.

Veja os tipos de atendimento especializado que o Enem oferece

O resultado dessa solicitação será disponibilizado no dia 22 de maio. Os candidatos terão entre 23 a 29 para apresentar recurso. O resultado do recurso sai no dia 5 de junho.

4 – Confirmação de dados 
Na tela seguinte o estudante deve confirmar as informações já fornecidas. É importante estar atento e verificar se preencheu tudo corretamente com seus dados, endereço e situação de atendimento especial, se for o caso. 

5 – Escolha da Língua Estrangeira e Local de Prova
Nesta etapa de inscrição é preciso muita atenção, já que as informações disponibilizadas não poderão ser editadas e alteradas depois do fim do prazo de inscrições. O candidato precisa escolher uma opção de língua estrangeira (Inglês ou Espanhol) para a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Alterações neste item só serão aceitas durante o período de inscrições. Se o candidato não fizer a opção terá que realizar a prova de Inglês. 

6 – Preencimento da Escolaridade
Os dados desta página não poderão ser alterados depois de finalizada a inscrição. Você deve indicar se já terminou o Ensino Médio, se está cursando e o local (escola pública ou particular, ensino médio regular ou supletivo, certificado do Encceja 2018).

7 – Preenchimento do questionário socioeconômico
Quando chegar nessa parte, será preciso preencher um questionário socioeconômico com informações do estudante e da família. Os dados são usados apenas para desenvolvimento de estudos do Inep. Nesta etapa, as respostas não poderão ser alteradas depois da conclusão da inscrição.

8 – Contato e senha
É importante informar um número de telefone fixo e celular e um e-mail único, já que o Inep usará o seu número de celular e e-mail para enviar comunicados. Anote a senha escolhida e guarde em local seguro. A senha pode ter letras maiúsculas e minúsculas, além de números. Ela será utilizada durante todo o processo.

9 – Gere o boleto (para não isentos)
Os candidatos que não conseguiram a isenção da taxa deverão pagar o boleto no valor de R$ 85 até o dia 23 de maio. O pagamento pode ser feito em casas lotéricas, internet banking, agências dos Correios que tenham o Banco Postal ou app de agências bancárias.

Guarde o seu boleto e o comprovante de que a taxa foi paga para sua segurança. Eles podem ser apresentados ao Inep caso haja algum problema na inscrição. 

Veja o passo a passo completo de como fazer a inscrição no Enem

Nome Social

Aos candidatos que desejam fazer a solicitação do atendimento pelo nome social, o período será entre os dias 20 a 24 de maio. A medida permite que os participantes travestis e transexuais sejam identificados e reconhecidos socialmente, em consonância com a sua identidade de gênero, durante a realização das provas. Isso inclui a substituição do nome civil pelo nome social nas listas de salas e, ainda, a possibilidade dessas pessoas escolherem entre os sanitários masculino ou feminino.

O resultado dessa solicitação será disponibilizado no dia 31 de maio. Os recursos devem ser apresentados entre os dias 3 a 7 de junho. O resultado do recurso será informado no dia 10 de junho.

Provas do Enem 2019

As provas do Enem serão realizadas este ano em dois domingos: 3 e 10 de novembro.

No primeiro domingo, os participantes terão 5h30 para responder 45 questões objetivas de Ciências Humanas, 45 de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e elaborar uma redação.

A prova do segundo domingo será composta por 45 questões de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias com duração de 5h.

Novidades e Polêmicas

Neste ano o Enem teve polêmicas, novidades e apresentou mudanças no exame. Haverá mudanças na forma de diagramação do caderno de provas para reduzir os custos e número de folhas do exame. Serão incluídas folhas de rascunhos nas provas, mas o espaço será reduzido. Os candidatos terão um espaço destinado a cálculos no final do caderno de questões, além de espaço com linhas para o rascunho da redação.

O Inep também informou que a segurança será ainda mais reforçada. De acordo com o instituto, também haverá revista nos lanches levados pelos participantes. Nesta edição, também haverá mudanças na tecnologia de identificação do estudante.

O participante do Enem 2019 poderá realizar a inclusão opcional de foto na inscrição para facilitar a identificação e tornar o processo personalizado e interativo.

Com as várias mudanças que ocorreram no MEC este ano, o novo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que as provas do Enem 2019 não abordarão questões consideradas “polêmicas” e “ideológicas”. A atual gestão se mostrou contra o posicionamento adotado nas últimas edições do Enem e com uma vertente mais conservadora.

O que estudar para o Enem 2019

Todo o conteúdo da prova pode ser visto na Matriz de Referência do Enem

Para entender bem o que é exigido na prova, as regras e características de aplicação do exame, um fator determinante que deve ser levado em consideração é saber que as questões são interdisciplinares e contextualizadas e que a prova também exige temas de atualidades. As provas do Enem têm conteúdo amplo e trabalham a interdisciplinaridade em suas áreas de conhecimento.

Onde usar as notas do Enem 2019

O Enem é a principal prova de vestibular do país e as notas poderão ser utilizadas para o ingresso no ensino superior. Por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o estudante pode conseguir uma vaga em instituições públicas. Já com o Programa Universidade para Todos (ProUni), há a possibilidade de conquistar uma bolsa parcial ou integral em uma universidade particular. O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) também é um programa que oferece financiamento em faculdade particular.

Para mais informações consulte o Edital do Enem 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *