Homem natural de Medeiros Neto é morto a pauladas com o filho de um ano nos braços

 Homem natural de Medeiros Neto é morto a pauladas com o filho de um ano nos braços

[ad_1]

Adriano Terras Rocha, 35 anos, foi morto a pauladas em uma localidade denominada por vento, que fica próximo aos bairros Bandeiras e Bacia, em Itabela.

O transgressão, que segundo testemunhas, foi motivado por ciúmes, aconteceu por voltadas das 20:15hs da noite do último domingo, 22 de outubro.

Ainda segundo as informações, o assaltante chegou no barraco da vítima, que no momento estava com um rebento pequeno nos braços, desferiu uma paulada em Adriano, que depois o mesmo tombar, continuou espancando a vítima até a morte.

Ainda segundo testemunhas, o principal criminado é um varão de prenome Geovane, e a motivação foi por ciúmes. O assaltante estava com ciúmes da vítima com sua ex-mulher.

A Polícia Militar (PM), foi ao lugar e registrou o corrido, mas o assaltante já havia fugido. O caso será investigado pela polcai social de Itabela.

Ainda conforme testemunhas, Adriano era separado e cuidava de uma moçoilo de pescoço, era trabalhador e não tinha envolvimentos com o transgressão.

Uma pessoa contou que a vítima estava com o rebento de um pouco mais e um ano no pescoço no momento da agressão. Pessoa que passaram pelo lugar encontra a moçoilo ao lado do corpo do pai. Ainda conforme a informante, fazia mais de um ano que Geovane havia separado da ex-companheira.

Adriano Terras Rocha era originário de Medeiros Neto, mas trabalhava em uma empresa de câmeras de monitoramentos na cidade Itabela.

Redação Medeirosneto.com/com informações Giro de Notícias



[ad_2]