Suspeito de tráfico de drogas morre em confronto com a PM em Medeiros Neto

 Suspeito de tráfico de drogas morre em confronto com a PM em Medeiros Neto

[ad_1]

Uma mediação policial ocorreu na manhã desta segunda-feira, 16 de outubro, na Rua João de Barro, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, próxima à ponte da Rua 7 de Setembro, na espaço urbana da cidade de Medeiros Neto. De conciliação com informações, o Pelotão de Serviço Tático Operacional (PETO) recebeu uma denúncia anônima relatando que indivíduos desconhecidos estariam residindo em uma vivenda onde havia intensa atividade de tráfico de drogas.

Aliás, relatos indicavam que esses indivíduos estavam ostentando armas de queimação, o que estava causando temor entre os moradores. Também foi informado que esse grupo era o principal suspeito de ataques recentes a rivais no núcleo da cidade de Medeiros Neto, incluindo homicídios e tentativas de homicídios. Diante dessas informações, os policiais militares, com o suporte da guarnição do 1º Pelotão, realizaram diligências na tentativa de abordar os suspeitos.

Quando se aproximaram do sítio, visualizaram dois indivíduos na escadaria em frente à residência mencionada na denúncia. Os indivíduos se recusaram a obedecer à ordem de paragem, declarando que não deviam zero, e um deles sacou uma arma e disparou contra as guarnições. Houve um confronto armado, e em seguida a cessação dos tiros, o tipo ferido foi levado para o Hospital Municipal de Medeiros Neto, onde foi enunciado o óbito pelo médico plantonista. O outro tipo conseguiu fugir e não foi localizado. A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Social de Medeiros Neto.

Na ação, os militares apreenderam um revólver Taurus calibre .38 com numeração 1428306, 150g de cocaína, 10g de maconha, 20 pedras de crack, três aparelhos celulares e a quantia de R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais) em espécie. No Departamento da Polícia Técnica (DPT), o mandatário titular, Júlio Telles de Medeiros Neto, elaborou o Auto de Reconhecimento do suspeito falecido para que o corpo fosse liberado aos familiares.

Trata-se de um menor de 17 anos de idade, morador da cidade de Itamaraju-BA. O corpo passará por exames de Medicina Lítico no Instituto Médico Lítico (IML) de Itamaraju e, posteriormente, será liberado à família para o sepultamento.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews



[ad_2]