Confronto em fazenda ocupada resulta em indígena baleado na região da terra de Barra Velha

 Confronto em fazenda ocupada resulta em indígena baleado na região da terra de Barra Velha

[ad_1]

Um indígena foi baleado e outro ficou com hematomas durante um ataque na quinta Bom Jesus do Matosinho, em Porto Seguro. O caso aconteceu na noite de terça-feira (30) e está sendo investigado pela polícia. A quinta havia sido ocupada no dia anterior por membros da lugarejo Vale da Palmeira, em uma ação que eles chamaram de “retomada”. Os indígenas acreditam que seguranças de fazendeiros e produtores rurais da região sejam os responsáveis pelos tiros.

Segundo eles, muro de 10 caminhonetes chegaram à quinta e seus ocupantes abriram incêndio contra os indígenas. Carlos Fernando Aquino dos Santos, 27 anos, foi alvejado e levado ao hospital municipal de Itamaraju com ferimento nas costas. Outro indígena, Alessandro Silva dos Santos, do Povo Pataxó Hã Hã Hãe, foi encontrado no dia seguinte com hematomas, mas sem ferimentos de tiros.

Conforme a Associação Pátrio de Ação Indigenista (Anai), o ataque ocorreu em seguida a ocupação da quinta pela lugarejo Vale da Palmeira, que reivindica o lugar uma vez que segmento da Terreno Indígena de Barra Velha. No entanto, um varão identificado uma vez que Nilson Berg Fonseca, de 39 anos, o “Cacique Bacural”, foi recluso pela Polícia Militar durante a invasão, denunciado de roubar uma caminhonete do proprietário da quinta. Bacural foi autuado por expropriação possessório e apropriação indébita do veículo, mas foi liberado em seguida audiência de custódia na 1ª Vara Criminal de Porto Seguro.

Nascente: Radarnews



[ad_2]