Coordenador da 8ª COORPIN comenta sobre investigação do homicídio de “Fei Construtor” em Guaratiba

 Coordenador da 8ª COORPIN comenta sobre investigação do homicídio de “Fei Construtor” em Guaratiba

[ad_1]

Teixeira de Freitas: A equipe do Liberdade News conversou com o coordenador da 8ª COORPIN de Teixeira de Freitas, Moisés Damasceno, a reverência do trágico homicídio ocorrido na noite de terça-feira, 03 de outubro, no Condomínio Praia de Guaratiba, localizado na cidade do Prado, extremo sul do estado da Bahia.

O coordenador Moisés Damasceno compartilhou que a investigação ainda está em uma tempo inicial, e que múltiplas informações foram coletadas, todas reunidas para melhor compreensão da direção da investigação. “A vítima estava envolvida em diversos tipos de negócios. Atuava em vendas e compras de rebanho, negociações de veículos, imóveis, terrenos e construções. Sua dimensão de atuação era notavelmente ampla e diversificada”, explicou o representante.

“O enfoque atual da investigação está na estudo da vida da vítima, a término de identificar possíveis motivações para esse trágico homicídio que ocorreu dentro de um condomínio fechado. Neste estágio, todas as informações recebidas estão sendo coletadas e testemunhas estão sendo ouvidas, exigindo um intenso esforço de trabalho” acrescentou.

Ainda segundo o representante coordenador, Moisés Damasceno, as equipes de investigação estão se dividindo entre levantamentos no campo, formalização de depoimentos, inquéritos policiais e pesquisas detalhadas em sistemas de informação. “Tudo isso é realizado com o objetivo de definir a direção mais apropriada para a investigação”.

“O trabalho da polícia tem um compromisso incansável com a elucidação do caso. Eles se dedicam a esgotar todas as possibilidades durante o processo de investigação, usando todas as ferramentas disponíveis e relevantes em cada tempo, reforçando o comprometimento da Polícia Social com seu trabalho”, finalizou Dr. Moisés.

O perito Manoel Garrido foi o responsável pela perícia no sítio do homicídio. Segundo informações levantadas por nossa equipe junto ao perito, a vítima foi atingida por dois tiros na cabeça, por uma revólver calibre 765. Dois estojos foram encontrados no sítio do transgressão. A vítima (Fei) estava sentado em um banco de madeira na frente do seu Bangalô, quando os criminosos chegaram.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Material relacionada

“Fei Construtor” é assassinado a tiros em Guaratiba



[ad_2]