Aziz critica envio de MPs no último minuto: “Câmara tira direito”

 Aziz critica envio de MPs no último minuto: “Câmara tira direito”

[ad_1]

Em entrevista ao UOL News, o senador Omar Aziz (PSD-AM) criticou a prática da Câmara de enviar medidas provisórias ao Senado com tempo limitado para estudo, porquê no caso da MP de reorganização dos ministérios.

Essa é uma questão que o Senado, desde que estou cá há oito anos, vem questionando esse tipo de relação. Não é de hoje que o Senado recebe uma medida provisória que vai prescrever em horas e somos obrigados a admitir aquilo que vem sem nenhum tipo de discussão dos senadores para não fazer um mal maior ao país. Omar Aziz, senador (PSD-AM)

Aziz acrescentou que a MP dos ministérios “passará tranquilamente” no Senado. Ao ser questionado sobre o esvaziamento do Ministério do Meio Envolvente, o parlamentar criticou a geração de “ministérios sem proposta”, que deixam os senadores “incomodados”.

Tenho um saudação muito grande pelos ministros do presidente Lula. Agora, alguns ministérios não têm proposta. São fiscais, somente. Isso nos deixa muito incomodados. (…) Não acho perceptível esvaziar ministério, mas ele também tem que trazer propostas. Não pode ser só fiscal da natureza. Omar Aziz, senador (PSD-AM)

Aziz: Marco Temporal não passa no Senado, mas governo tem que discutir demarcações

Na visão de Aziz, o Senado deve rejeitar o projeto de lei do Marco Temporal, confirmado pela Câmara. O senador, porém, fez uma salvaguarda e destacou a urgência de o governo discutir a demarcação de territórios indígenas com a população lugar.

Pelo que sinto, o Marco Temporal não passa no Senado. Até as pessoas mais conservadoras, que têm interesse em explorar… O que também não dá para admitir é que o governo fique fazendo demarcação indígena sem discutir com as populações tradicionais da região. Isso também incomoda muito. Omar Aziz, senador (PSD-AM)

‘Não tenho zero contra Zanin; vou votar em prol se for indicado’, diz Omar Aziz

Ao abordar a discussão em torno da escolha de Lula para os novos ministros do Supremo Tribunal Federalista (STF), Aziz disse não ver objeções ao nome de Cristiano Zanin, cândido de grande discussão por sua proximidade com o petista. O senador adiantou que votará em prol dele caso o presidente confirme a indicação.

Vamos examinar o nome de Zanin porquê o de qualquer outro que o presidente encaminhar ao Senado. Tenho muito saudação por Zanin. Se tiver que votar em prol dele, com certeza votarei. Não tenho absolutamente zero contra ele. Omar Aziz, senador (PSD-AM)

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em três edições: às 8h, às 12h com apresentação de Fabíola Cidral e às 18h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: de segunda a sexta, às 8h, às 12h e 18h.

Onde testemunhar: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa: