STF: André Mendonça tem apoio de ao menos um terço do Senado

 STF: André Mendonça tem apoio de ao menos um terço do Senado

André Luiz Mendonça foi oficialmente indicado ao STF pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 13 de julho

Indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo presidente Jair Bolsonaro, o advogado-geral da União, André Mendonça, já conquistou o apoio de ao menos um terço do Senado, segundo aponta um levantamento feito pelo portal UOL entre os parlamentares.

A indicação de Mendonça passará pelo crivo dos senadores em agosto, após o recesso parlamentar. Para a aprovação, são necessários 41 votos favoráveis entre os 81 congressistas. Antes da votação, a indicação deverá passar ainda por uma sabatina na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

A pesquisa do portal UOL conseguiu ouvir 60 dos senadores que participarão da votação. Entre eles, 28 declaram que pretendem aprovar a nomeação de Mendonça, 4 planejam rejeitá-la, 13 afirmaram estar indecisos e 15 optaram por não antecipar o voto.

Os votos favoráveis vieram de 11 partidos: Cidadania, DEM, MDB, PL, Podemos, PP, PROS, PSD, PSDB, PSL e Republicanos. Todas as negativas vieram do PT, com exceção do senador Jorge Kajuru (Podemos-GO), que garantiu que votará “100% não”.

– Depois de instalado o maior “toma lá dá cá” dos últimos governos, qualquer um pode ser ministro do STF – declarou.

Mendonça, porém, conta com a aceitação não apenas de parlamentares governistas, mas também de senadores que fazem oposição ao governo Bolsonaro.

– Ele tem um bom currículo jurídico e aporta qualidade ao Supremo. A sua condição de estar no péssimo governo Bolsonaro não lhe retira a capacidade técnica – disse a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

O AGU veio articulando seu apoio por meio de visitas a gabinetes de parlamentares, antes mesmo de ser oficializada a indicação do seu nome à vaga deixada por Marco Aurélio de Mello, ministro aposentado do STF. Segundo o UOL, vários senadores afirmam ter ficado com “boa impressão” acerca de Mendonça após conhecê-lo pessoalmente.

Até o momento, o PT é o único partido abertamente contrário à nomeação do AGU. A sigla possui uma bancada de seis senadores.

A última vez em que o Senado rejeitou uma indicação do presidente da República ao STF foi há 127 anos.

 

Fonte : pleno.news

Digiqole ad Digiqole ad

Messias Dutra

http://extremonews.com.br

Graduado em Administração, Social Media

Relacionado