Vice do PT comemora aniversário nas Cataratas em meio à crise

 Vice do PT comemora aniversário nas Cataratas em meio à crise

[ad_1]

O deputado federalista Washington Quaquá (PT-RJ) está em Foz do Iguaçu (PR), onde comemorou ontem (31) seu natalício de 52 anos, em meio à crise que o governo Lula (PT) protagoniza nos últimos dias na fala política.

O que aconteceu:

O vice-presidente do PT publicou nas redes sociais que está em Foz do Iguaçu para simbolizar a Percentagem de Turismo da Câmara no Festival das Cataratas, que acontece entre 31 de maio e 2 de junho.

Quaquá também publicou uma foto ontem, dia do seu natalício, em frente às Cataratas do Iguaçu. Ao longo do dia, ele ainda compartilhou publicações nas redes sociais de outras pessoas o parabenizando pela data.

Enquanto o vice-líder da Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV) fazia as publicações nas redes sociais, o governo Lula (PT) sofria posteriormente a aprovação pela Câmara do marco temporal e tentava recitar o aval da Lar na MP de regeneração dos ministérios.

Em uma das publicações sobre seu natalício, feita na noite de ontem, Quaquá aparece com a família e amigos durante um jantar. “Beijos em todos os amigos e todas as amigas que me mandaram felicitações e o carinho que nos alimenta a psique! Muito obrigado!”.

O UOL tenta contato com o deputado federalista sobre tema. Caso haja resposta, o texto será atualizado.

Outras polêmicas:

O deputado Washington Quaquá já protagonizou outras polêmicas com os próprios aliados. Em fevereiro, publicou uma foto ao lado de Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, elogiando o militar.

Em seguida ser escopo de críticas, o vice-presidente do PT publicou um vídeo em que labareda os críticos de “stalinistas idiotas” e uma foto de um jumento com a seguinte legenda: “De direita ou de esquerda, jumento é jumento!”.

No mês pretérito, Quaquá voltou a invocar atenção ao criticar a ação da Polícia Federalista que cumpriu mandados de procura e consumição na lar de Jair Bolsonaro. “Ações espetaculosas e desmoralizantes por secção do Judiciário e da Polícia Federalista não só não têm meu espeque, porquê têm meu repúdio”.

MP dos ministérios:

A Câmara dos Deputados aprovou a MP (medida provisória) de regeneração da Esplanada dos Ministérios. Foram 337 votos em prol, 125 contrários e uma continência.

Votação ocorreu posteriormente o governo Lula (PT) negociar com os deputados e ceder. A gestão petista liberou na terça-feira (30) R$ 1,7 bilhão em emendas parlamentares, em meio ao risco de o presidente suportar a maior roteiro no Congresso neste procuração.

A MP dos ministérios foi o texto editado pelo governo para gerar a estrutura atual de 37 pastas. Para que ela não perda a validade, deve ser aprovada pelo Congresso até esta quinta-feira (1º).

O texto segue para o Senado, que terá de aprová-lo até as 23h59 desta quinta. Ou a estrutura da Esplanada volta a ter a formação do governo Bolsonaro. O presidente da Lar, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou ontem que votaria “até de madrugada”.