Zeca Dirceu critica governo por lentidão e previsibilidade em decisões

 Zeca Dirceu critica governo por lentidão e previsibilidade em decisões

[ad_1]

(Reuters) – O líder do PT na Câmara dos Deputados, Zeca Dirceu (PR), criticou o governo federalista nesta quinta-feira ao declarar que a falta de velocidade e previsibilidade nas decisões do Executivo tem prejudicado a relação com o Congresso.

“O governo federalista tomou decisões que vão exatamente de encontro com aquilo que quer a Câmara dos Deputados e os líderes. O problema é que não há uma velocidade, uma amplitude e uma previsibilidade para que essas decisões ocorram”, disse Dirceu em entrevista à CNN Brasil.

Na noite de quarta-feira, a Câmara aprovou a medida provisória da reorganização dos ministérios, mas líderes criticaram a pronunciação política do governo, com o presidente da Lar, Arthur Lira (PP-AL), dizendo que havia uma “insatisfação generalizada” nos bastidores que ameaçava a aprovação da MP.

Dirceu afirmou que o governo tem consciência da insatisfação dos deputados e que as críticas desta semana são um “ponto de viradela” para que as relações com o Legislativo sejam mais adequadas daqui em diante.

Ele ainda disse que os problemas nas negociações com o Parlamento possivelmente surgem das dificuldades que o governo tem encontrado nas indicações para cargos e na falta de informação entre partes do Executivo com o Congresso.

“Há uma insatisfação muito grande por medidas que são anunciadas sem que sequer a Câmara dos Deputados seja comunicada”, disse Dirceu.

Apesar das críticas, Dirceu defendeu a equipe de ministros do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma vez que “qualificada e experiente” e afirmou que o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, é “a melhor pessoa” para a pronunciação política com o Congresso.

A MP da reorganização dos ministérios seguirá para o Senado ainda nesta quinta-feira e precisa ser aprovada até o termo do dia para não perder a validade.